Neste vídeo, a professora Carla Garcia analisa detalhadamente o tema da redação do Enem 2015: “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”. O tema da redação foi divulgado minutos depois do fechamento dos portões dos locais de prova, pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Especialistas em ENEM e outros vestibulares afirmam que o tema da redação é atual e muito recorrente na sociedade. E disseram ainda que só há um tipo de posicionamento cabível ao aluno que está prestando o teste: o de ser contra a violência.

O tema da redação trouxe uma reflexão acerca de um assunto que não é trabalhado na mídia como deveria. E, por isso mesmo, gerou polêmica na web, com muita gente associando o tema da redação ao feminismo radical na abordagem feita pelo Ministério da Educação e pelos organizadores da prova. Por outro lado, muitos aprovaram a atualidade do tema.

A prova de redação tem caráter dissertativo-argumentativo e os estudantes precisam escrever sobre o tema com base em textos motivadores apresentados na hora da prova. Segundo o Inep, “na prova de redação são avaliados aspectos relacionados às competências que devem ter sido desenvolvidas durante os anos de escolaridade. Os participantes devem defender uma tese – uma opinião – a respeito do tema proposto, apoiada em argumentos consistentes, estruturados de forma coerente e coesa, de modo a formar uma unidade textual”.

Ao todo, mais de 5,8 milhões de estudantes fizeram a prova, dos quais 104 conquistaram a nota 1000 e 53 mil pessoas zeraram o teste. Além desses dois extremos, o grupo mais numeroso é o de candidatos que ficou com notas entre entre 501 e 600 pontos.

Material de apoio:

Folha da redação Enem 2015

 

Assine nosso canal e curta nossos perfis nas redes sociais!

Link para nosso canal!
Curta nossa fanpage!
Siga-nos no Instagram!
Acompanhe nossos tweets!